lundi 29 août 2016

Sempre todos os dias

O teu jeito de te agarrar,
O teu jeito de te tocar,
É algo que eu sinto,
É algo que pressinto...

Gosto do jeito como danças,
E o teu corpo balança e me encanta,
Lanças-me a tua magia,
E fazes-me feliz por um dia.

Eu gosto de te ver todos os dias.
De vermelho entraste no meu coração,
De vermelho encheste-me de paixão,
E dançavas só para ti, e eu olhava para ti,
Sem tu saberes.

E em dois passos nos encaixámos,
Em dois passos nos abraçámos,
Sem perceber reparei que

Eu gosto de te ver todos os dias.

Aucun commentaire: